Lisboa faz ZOOM sobre as Smart Cities dias 18 e 19 de maio

Pegar numa lente de alta precisão, manobrada pelas mãos de especialistas em sociologia, urbanismo, design, comunicação, marketing, IOT, mobilidade, sustentabilidade, ambiente, entre outros, e fazer ZOOM, aproximando a objectiva de cada tema especifico, mergulhando e analisando cada detalhe; e fazer ZOOM distanciando-se de cada setor, ampliando a dimensão da reflexão, e analisar as cidades como um todo, na sua plenitude, com todos os seus problemas, com todas as suas virtudes, sempre com os cidadãos no centro do pensamento. Este é o desígnio do ZOOM Smart Cities, que acontece em Lisboa nos dias 18 e 19 de maio. É na Universidade Nova de Lisboa que vai ter lugar o ZOOM Smart Cities, o 1º Congresso Internacional realizado em Portugal que pretende focar toda a inteligência nos problemas e nas soluções das cidades. A organização pretende levar a Lisboa mais de uma dezena de oradores de prestígio nacional e internacional, juntando à

“INTERNET+” É PEÇA CHAVE NA ESTRATÉGIA CHINESA

No próximo dia 19 de Maio, Xiaojing Huang vai estar em Lisboa para participar na conferência internacional ZOOM Smart Cities. A directora estratégica do Yang Design e fundadora doDesign Strategy Institution vai, entre outras coisas, contar a Portugal como o conceito smart cities está a ser implementado na China. Em jeito de aperitivo para a sua apresentação, a especialista revelou à Smart Cities algumas das tendências no país para este ano nesta matéria. Entre estas, Xiaojing Huang destaca o forte desenvolvimento da Internet na China, que “tem excedido de longe o de qualquer outra indústria”. Utilizar a Internet faz actualmente parte do quotidiano dos chineses, o que tem obrigado o governo de Pequim a encontrar soluções inovadoras que dêem resposta às necessidades crescentes dos seus cidadãos nessa matéria. “O governo chinês tem estado a trabalhar na optimização do nível dos serviços dentro do conceito de cidade inteligente, melhorando a transparência