Ministério do Ambiente associa-se ao Zoom Smart Cities

Porque política é governação e porque a governação deve ser estrategicamente pensada, planeada, executada, a bem da sustentabilidade e progresso dos territórios, o ministério do Ambiente, vai estar representado no Zoom Smart Cities, que decorre a 18 e 19 de maio, em Lisboa. O Zoom Smart Cities foi pensado e planeado como um palco para dar voz a quem decide e quem gere, quer na administração central quer na administração local, mas, essencialmente, para dar voz e oportunidade de partilha a quem pensa, investiga e vive as cidades, nas suas mais diversas componentes. Saskia Sassen, que vai marcar presença no evento no dia 18 de maio, uma das maiores pensadoras do momento, vem responder a uma questão fundamental: A quem pertencem as nossas cidades? A resposta parece simples e óbvia: aos cidadãos. Mas será, efectivamente, assim em todas as cidades. Os cidadãos são tidos em conta nas políticas que se

Zoom Smart Cities um evento internacional à escala das pequenas, médias e grandes cidades

Como é possível projectar um Congresso Internacional sobre Smart Cities que responda às necessidades das pequenas, médias e grandes cidades? Simples! Democratizando o acesso à informação e ao conhecimento, reunindo num mesmo espaço especialistas conceituados nas mais diversas áreas de acção da vida urbana. Assim está a ser trabalhado o ZOOM Smart Cities, um evento de dimensão mundial, que se realiza na capital portuguesa, nos dias 18 e 19 de Maio. Não há receitas simples nem poções mágicas para construir uma cidade inteligente, assim como não há soluções estandardizadas que sirvam a todas as cidades. É nas particularidades, no detalhe, na identidade e na realidade de cada cidade que se deve procurar a solução inteligente, sempre de dentro para fora, de baixo para cima. Mas para isso é imprescindível o acesso à informação, ao conhecimento, é necessário saber o que dizem os especialistas, conhecer casos de estudo, conhecer ferramentas e

Porquê pensar as cidades?

As cidades são um tema quente atualmente, é nas cidades que muita inovação ocorre, são as cidades que têm de lidar com inúmeros problemas, são as cidades que, de forma inteligente, procuram encontrar soluções para se manterem sustentáveis, saudáveis e prósperas. Vivemos um período ímpar na história com uma migração mundial em massa em direção às cidades. Para uns é um sinal positivo, para outros uma dor de cabeça. As cidades inteligentes sabem o que querem e o que precisam. Contornar as mensagens de facilidade e de prosperidade simplista devem ser temas incontornáveis na cidade. Comunicar de forma honesta e transparente o que se é na verdade, é uma das formas mais sinceras de se ligar aos cidadãos. E estes se ligarem com a cidade. Compreendendo-a. Aceitando-a. Ajudando-a. É com esta consciência que o ZOOM SMART CITIES nasce. Um Congresso Internacional, que decorre nos dias 18 e 19 de maio,

Lisboa faz ZOOM sobre as Smart Cities dias 18 e 19 de maio

Pegar numa lente de alta precisão, manobrada pelas mãos de especialistas em sociologia, urbanismo, design, comunicação, marketing, IOT, mobilidade, sustentabilidade, ambiente, entre outros, e fazer ZOOM, aproximando a objectiva de cada tema especifico, mergulhando e analisando cada detalhe; e fazer ZOOM distanciando-se de cada setor, ampliando a dimensão da reflexão, e analisar as cidades como um todo, na sua plenitude, com todos os seus problemas, com todas as suas virtudes, sempre com os cidadãos no centro do pensamento. Este é o desígnio do ZOOM Smart Cities, que acontece em Lisboa nos dias 18 e 19 de maio. É na Universidade Nova de Lisboa que vai ter lugar o ZOOM Smart Cities, o 1º Congresso Internacional realizado em Portugal que pretende focar toda a inteligência nos problemas e nas soluções das cidades. A organização pretende levar a Lisboa mais de uma dezena de oradores de prestígio nacional e internacional, juntando à